SÉRIE-ME | Quer rir? Chewing Gum!

Olá, Padawans! Tudo bem com vocês?

Tracey Gordon (MichaelaCoel) é uma cristã londrina de 24 anos, que, criada pela mãe, bastante religiosa, nunca teve uma experiência sexual. Reprimida e com conhecimentos sobre sexo bastante limitados, a jovem tenta perder a virgindade com o noivo, Ronald (John McMillan), que pretende se manter casto até o casamento. Na tentativa de seduzir o rapaz, Tracey conta com a ajuda de sua melhor amiga, Candice (Danielle Walters), que é bem mais “vivida” quando o assunto é sexo, e de sua avó, Esther (Maggie Steed).

Uma das minhas séries favoritas no momento é uma sitcom britânica produzida por MichaelaCoel – quem assistiu Black Mirror já conhece a atriz como a recepcionista de um dos episódios – a partir de um monólogo que ela apresentou no teatro entre 2012 e 2014.

Com uma protagonista negra e periférica, a série traz assuntos irreverentes como religião, sexo e protagonismo feminino com muito humor. A saga de Tracey começa quando ela tenta se descobrir sexualmente, porém descobre algo sobre o seu noivo Ronald, um religioso fervoroso, e ela começa a buscar outros horizontes, saindo do caminho que sua mãe tanto preza para ela e sua irmã. Tracey compartilha muito das nossas ilusões, esperanças e medos, sendo gente como a gente com muito amor e piadas de diva pop.

A série possui duas temporadas produzidas pela emissora britânica E4, cada temporada com 6 episódios, disponibilizadas na Netflix. Um dos contras, mas pra mim ao mesmo tempo um pró, é que a série tem episódios curtos, pois se trata de um sitcom, de 20 minutos. Eu maratonei em uma tarde uma das temporadas!

E vale a pena? Por Beyoncé! Vale sim e muito! Então corre lá e assiste!

E aí, já assistiu? Gostou? Deixa aí nos comentários e que a Força esteja com você.