SÉRIE-ME | O mistério The OA

Olá, Padawans! Tudo bem com vocês?

Prairie Johnson é uma garota cega que desaparece. Sete anos depois, ela retorna, com a visão perfeita. A jovem (interpretada por Brit Marling) tenta explicar aos pais o que aconteceu durante a sua ausência. Para a surpresa de todos, ela diz que nunca realmente se foi, mas estava em outro plano da existência… Num lugar invisível.

Lançada em dezembro do ano passado, pela Netflix,The OA se tornou uma das minhas séries favoritas, com a dose certa de ficção cientifica, espiritualidade e muito mistério, surpreendendo a cada momento.

The OA me laçou desde o primeiro episódio, eu acreditava que a série se tratava de algo totalmente diferente e caminhou para um rumo um tanto inesperado.De fato, fui conquistada.

Com uma narrativa demarcada e clara, com começo, meio e fim, na série produzida por Brit Marling e Zal Batmanglij,somos apresentados ao decorrer da história com revelações e descobertas, e a todo momento somos estimulados a questionar a veracidade dos fatos e criar teorias e mais teorias.

Outro ponto interessante da série é a perspectiva adotada na apresentação do sequestro e cárcere, não focando muito no seqüestrador ou em seus motivos, mas sim na vitima, no seu teor emocional. A série é basicamente emocional, trazendo reflexões, conexões emocionais e sobrevivência.

Vale a pena assistir? COM CERTEZA! Então corre pra assistir! Mas você já assistiu? Gostou ou não? Deixa aí nos comentários. Que a Força esteja com você!

P.S: The OA apresenta teorias interessantes que logo vou apresentá-las em outro post aqui no blog.