MULHER-MARAVILHA | 5 curiosidades da Princesa das Amazonas

Olá, Padawans! Tudo bem com vocês?

E chegou a semana de estreia de Mulher-Maravilha, daqui a dois dias vamos poder matar a ansiedade e ver o filme que esperávamos há tanto tempo. Então enquanto não chega, que tal saber umas curiosidades sobre a heroína?

A Princesa das Amazonas é digna

Durante o crossover  em 1996 entre a DC e Marvel, “DC vs Marvel: O Conflito do Século”, a heroína encontra o Mjölnir  – que Thor perde durante uma batalha contra Shazam – e consegue levantar sem nenhuma dificuldade. Ela decide não usar o martelo por julgar vantagem injusta.

O Laço da Verdade

A Mulher-Maravilha diferente dos outros heróis, não foi criada por quadrinista e sim por um psicólogo. O psicólogo William Moulton Marston também foi o criador do Polígrafo, máquina que detecta mentiras, e isso deu origem ao Laço da Verdade.

O nome original

O nome da nossa heroína deveria ser Suprema, Mulher- Maravilha, porém ao se parecer muito com Superman, o Homem de aço, os editores resolveram utilizar apenas a segunda parte do nome, Mulher-Maravilha.

Sem origem

Antes da pré-crise, a princesa das Amazonas, não possuía uma origem divina. Apenas após os Novos 52, a heroína ganhou uma origem divina e de fato se transformou uma deusa de verdade, sendo filha de Zeus e Hipólita, o que vai ser retratado no filme, Mulher-Maravilha.

Amazona

Ainda no crossover DC e Marvel, a Mulher-Maravilha foi combinada com Tempestade, dando origem a Amazona, uma heroína guerreira que combinava os poderes de força e controle do clima.

E aí, gostou? Tem mais alguma curiosidade que você gostaria de ver por aqui? Deixa aí nos comentários e que a Força esteja com você.